[ editar artigo]

A nova estratégia do Whatsapp e o futuro da tecnologia

A nova estratégia do Whatsapp e o futuro da tecnologia

O WhatsApp está tornando mais fácil agora trocar de iPhone para Android sem perder suas conversas. Uma notícia que de início pode parecer completamente banal - e até mesmo esperada, para não dizer atrasada. Slack, Telegram, Facebook Messenger, Viber – todos esses serviços não têm o problema que o WhatsApp tem para transferir o histórico de mensagem de um OS para outro.

A justificativa a gente conhece: é porque a criptografia de segurança das mensagens são point-to-point, o que torna o histórico intransferível.

Só que, pare para pensar. Há quanto tempo nós usamos o WhatsApp como meio de comunicação? Há mais de 10, a contar da criação do app, em 2009. E hoje, segundo os dados, 99% dos celulares brasileiros têm o app instalado. No mundo todo, tem 2 bilhões de usuários.

Bom, mas e o que uma coisa tem a ver com a outra?

 

Talvez a pergunta mais óbvia seja esta: Se o WhatsApp é o mensageiro de smartphones mais popular do mundo, tendo sido comprado pelo Zuckerberg por causa da sua relevância por US$ 19 bilhões lá em 2014… por que tanto tempo até arrumar uma solução que qualquer pessoa que precise trocar de OS está esperando? Independentemente da resposta, essa situação traz a uma conclusão. Do mesmo jeito que as barreiras entre campos e cidades iriam se desfazer, barreiras de incompatibilidade, de sistemas e organizações diferentes também não terão espaço dentro da modernidade.

 

Texto adaptado da matéria da Startse (Ago21): https://bit.ly/2Y4ByW3

Mulheres que Decidem
Ler conteúdo completo
Indicados para você