[ editar artigo]

Como Lidar com a Rejeiçāo

Como Lidar com a Rejeiçāo

A Neurociência comprova que o sentimento de rejeição, causa uma dor tão profunda quanto ter um braço quebrado, isto ocorre porque ela ativa regiões do nosso cérebro relacionadas a dor física.

Por esta razão que é tão difícil lidar com a dor da rejeição. 

Quando nasce este sentimento?

Ela tem origem na nossa primeira infância, através as nossas vivencias com nossos familiares, a ferida da rejeição se abre quando a criança sente que ela não é bem vinda e existe um sentimento de não pertencimento daquele núcleo familiar. 

A repercussão é que  na vida adulta ela se manifesta como uma decepção, uma expectativa frustrada e a falta de apoio — físico, psicológico ou emocional — podem se caracterizar como uma rejeição. E pode acontecer dentro das empresas, na carreira, nos negócios, nos relacionamentos e também no aspecto pessoal.

O fim de um relacionamento é um bom exemplo, assim como uma promoção profissional da qual você foi preterido por outro colega de trabalho.

Muitas pessoas têm medo da rejeição — antes mesmo que ela aconteça. Como resultado disso, criamos bloqueios para as nossas ações e pensamentos, nos levando a limitações.  

Como superar o sentimento de rejeição?

 Dê um significado à rejeição. Não precisa usar a imaginação para antecipar o sentimento de que vai ser rejeitado.

A perspectiva negativa vai sempre encaminhar os seus planos para um lugar de decepções e temores. Por outro lado, comece a alimentar o lado positivo. 

Equilibre as expectativas com racionalidade e argumentação, e torne-se uma pessoa mais positiva. Entenda que isso não significa iludir-se, mas trabalhar as percepções com naturalidade e com a ciência de que, mesmo diante de uma rejeição, ao menos você vai saber o motivo para fazer diferente, em uma próxima oportunidade. 

Pratique o Amor próprio, tenha gratidão por quem você é, atualmente. Pois foi a partir dessas experiências que você aprendeu diversas lições. E, acredite: elas são valiosas para que você comece a gostar mais de si e a lidar bem com as futuras rejeições.

A rejeição faz parte de nosso aprendizado, construção de nossa personalidade e até mesmo desenha a maneira com a qual lidamos com as situações e também com as pessoas ao redor.

Por isso, comece com mais amor-próprio. Não se culpe tanto por uma decepção. Tome, sim, o tempo necessário para absorvê-la, mas não fique remoendo — muito menos, por antecipação.

Uma maneira simples, mas funcional, de ter mais amor-próprio, é  por celebrar as suas conquistas. Qualquer uma delas, mesmo as menores. Essa gratificação pode sobressair-se ao impulso gerado pelo sentimento de rejeição.

Assuma as suas vulnerabilidades. Já sabe identificar quais são os seus temores? Assuma-os, converse com quem você confia e exteriorize os medos que impedem você de tomar atitudes.

Isso não significa que você deva aceitá-los, mas expulsá-los gradualmente sempre que falar sobre o assunto. É uma boa maneira de compreender que são processos dos quais todos sentem — mas em proporções distintas. 

Saber que você não é a única pessoa a passar por isso pode ser um interessante método para juntar, no seu tempo, a disposição para encarar a situação sem antecipar a rejeição em sua mente.

Faça as pazes com o seu passado, experimente voltar ao seu passado para fazer as pazes com ele.

O perdão é uma poderosa forma de libertação. E pode ser de grande valia para que você comece a desvencilhar-se de quem você foi para tornar-se, cada vez mais, a pessoa que você é atualmente.

No meu Treinamento Desperte o seu poder em 60 dias voce tem a oportunidade de curar esta ferida emocional da Rejeição.  siga-me nas redes sociais e veja quando será a Proxima imersão.

@ivaniarodrigues,psicologa

Texto Ivania Rodrigues

Mulheres que Decidem
Ivania Rodrigues
Ivania Rodrigues Seguir

Psicologa Treinadora de Alta Performance, Reprogramadora Mental, Líder Educadora Escola Rede Mulheres que Decidem, MBA em Liderança Feminina, Mestranda em Empreendedorismo e Negócios, Criadora do Treinamento online , Desperte Seu Poder.

Ler conteúdo completo
Indicados para você