[ editar artigo]

Dá pra crescer no pior ano da história da humanidade moderna? O ano de 2020.

Dá pra crescer no pior ano da história da humanidade moderna? O ano de 2020.

O ano de 2020 foi um ano marcante na vida da humanidade moderna. E pra mim foi ainda mais.

Em 2018, em uma das maiores crises do Brasil, a greve dos caminhoneiros, quem não se lembra disso? Aceitei comprar um CNPJ sem receita nenhuma apenas com um capital humano que estava gelado para investir em uma nova empreitada, a do empreendedorismo feminino.

Eu que venho de televisão há anos e anos me vi motivada a mudar radicalmente meu segmento.

Fiz imersão no negócio para entender o seu DNA e descobri que fortemente era educação, remodelei, pivotei total e em 2019 aproveitei para preparar todo o projeto para crescer em 2020.

Em Maio de 2020, lanço então, como modelo de franquia, o projeto totalmente restruturado e que tem como missão contribuir com a vida de educadoras para que tenham um negócio empreendedor.

Em um único mês fecho 15 unidades no Brasil e concluo o ano com 25 unidades edtech da Escola Rede Mulheres que Decidem, me posicionando como a 1a escola 100% voltada para o desenvolvimento empreendedor feminino.

São 10 Estados Brasileiros com líderes educadoras que levam a nossa metodologia pautada na transformação empreendedora e ainda a inclusão de mentorias e mais cursos de capacitação. Tudo de mulher para mulher.

O crescimento foi estrondoso no primeiro ano, com mais de mais de 300% só no primeiro ano.

Em 2021, a pretensão é crescer ainda mais que o ano passado e levar para a mulher a profundidade que o conhecimento de base empreendedor precisa, aquele que não nos foi nos ensinado na escola.

Em Julho deste ano, depois de investir muito em plataformas Edtechs e perder muito dinheiro também no ano de 2020 com parceiros errados e tecnologia que não viraram, a nossa plataforma de cursos nasce e prevemos um lançamento para todo o Brasil considerando ali cursos formatados pela nossa liderança nacional e nossas Embaixadoras do Brasil e toda diretoria também.

Aprendizados desta jornada pra mim:

  • Muita resiliência;
  • Encontrar pessoas que estejam com o mesmo objetivo e foco que você;
  • Não economizar em falar do seu projeto para o maior número de pessoas na vida;
  • Modelar, testar, validar ou pivotar e ai colocar pra rodar;
  • Controlar as despesas na unha pq elas crescem igualzinha as unhas;
  • Energia, saúde e muita disposição;
  • Treino é tudo. Tudo é treino.

E assim concretizamos mais metas porque uma empresa sem metas é um barco à deriva. Sem bússola não há direção.

 

PRISCILIA QUEIROZ

CEO RMQD E PRESIDENTE DO INSTITUTO RMQD

Mulheres que Decidem
Priscilia Queiroz - Mulheres que Decidem
Priscilia Queiroz - Mulheres que Decidem Seguir

CEO da Escola Rede Mulheres que Decidem e Presidente do Instituto Rede Mulheres que Decidem empresas que compõem a marca RMQD. Sou mentora em vendas, palestrante e apaixonada por pessoas e conexões.

Ler conteúdo completo
Indicados para você