[ editar artigo]

O “home office” e a autoestima feminina

O “home office” e a autoestima feminina

Há dois anos estamos vivendo uma pandemia e alguns novos formatos de trabalho foram estabelecidos. O home office já existia, porém ficou institucionalizado pela maioria das empresas e muitas mulheres que perderam seus empregos começaram a empreender em casa. E o que tudo isso tem a ver com a nossa autoestima?

Trabalhar em casa tem muitas vantagens, permite que as mulheres fiquem mais perto da família, acompanhem melhor a educação dos filhos, tenham uma flexibilidade de tempo maior, mas necessariamente não trabalharão menos. Não só pelas demandas do trabalho, mas também pelas demandas da casa, uma vez que a maioria das mulheres já fazem jornada dupla, pois ao chegar em casa, cuida da casa e da família, realizando os afazeres domésticos também.

Com a pandemia, a obrigação de ficar em casa e do trabalho remoto, algumas mulheres quando se perceberam estavam insatisfeitas, estressadas e incomodadas com tudo e com elas mesmas. Isso foi o reflexo do home office, pois elas trabalharem em casa para muitos maridos e filhos significava que elas estavam “a disposição” deles naquele momento também, e a rotina do trabalho acabava se confundindo com a da casa. E aliado isso como elas não iam para rua, não precisavam se arrumar, calçar salto, usar maquiagem e logo começaram a ir se desleixando com o corpo e a imagem.

Dentro desse contexto a autoestima da mulher começa a cair e isso vira um ciclo vicioso! Então é preciso ter muita disciplina e muito foco para trabalhar em casa, sem deixar a produtividade e autoestima caírem. Alguns artifícios podem e devem ser usados para fortalecer a autoestima, melhorar a produtividade, que vai melhorar os resultados e gerar um impacto positivo em todos que estão em volta. É importante: estabelecer rotinas e horários de trabalho e cumpri-los; vista-se como se fosse trabalhar na rua; crie um ambiente de trabalho fora do quarto; deixe muito claro para as pessoas da casa que você está naquele momento trabalhando; se arrume, se olhe no espelho e conte para você mesma o quão maravilhosa você é! Só assim comece a trabalhar!

Mulheres que Decidem
Mila Porto
Mila Porto Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você