[ editar artigo]

O mercado pet cresceu 13,5% na pandemia e pode aumentar ainda mais!

O mercado pet cresceu 13,5% na pandemia e pode aumentar  ainda mais!

O ano de 2020 foi um ano difícil para diversos mercados, mas não para o segmento pet. O setor faturou R$ 40,1 bilhões de reais no ano passado, um crescimento de 13,5% em comparação a 2019. Já em 2021, esse mercado continua em destaque por conta de investimentos e aquisições.

 

Os pets conseguiram manter seu reinado no Brasil em meio ao novo coronavírus, à turbulência política e à crise econômica. No país com mais cães do que crianças, o mercado de produtos para animais de estimação se expandiu durante a pandemia, o que, segundo especialistas, é um caminho sem volta. Nos últimos cinco anos, o setor de acessórios e alimentos para pets cresceu 87%, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado Euromonitor International. A tendência resistiu à pandemia. Com as pessoas ficando mais tempo em casa, elas passaram a investir mais em seus animais. O isolamento também fez com que muitos decidissem adotar seu primeiro pet.

 

O setor também foi favorecido ao ser classificado como essencial, o que permitiu manter as lojas e clínicas veterinárias abertas em meio às restrições impostas de forma intermitente no país desde março de 2020. Com o distanciamento social, as famílias passaram a dar mais atenção a seus animais e esse fato fez disparar a compra de brinquedos e petiscos para pets, além de produtos de higiene e limpeza, porque muitos passaram a dar banho em seus animais em casa. Fique por dentro das movimentações desse mercado em: https://app.startse.com/artigos/pet-mercado-varejo-investimento-2021?utm_source=telegram&utm_medium=notificacao&utm_campaign=artigo&utm_term=06082021

Mulheres que Decidem
Ler conteúdo completo
Indicados para você